PRESIDENTE DO CECOP PARTICIPA DE REUNIÃO DO COMITÊ GNV COM SECRETÁRIO DA SDE LUCIANO JOSÉ BULLIGON

Na tarde do dia 13 de janeiro o Presidente do CECOP, Auditor Fiscal da Receita Estadual Jair Antonio Schmitt participou de uma Reunião com o secretário Buligon da SDE, onde foi feito uma apresentação pelo Presidente da Associação Catarinense de Organismos de Inspeção (ACOI), o objetivo da reunião foi a discussão da alteração da lei que dispõe sobre o Selo do Gás Natural Veicular (GNV) em Santa Catarina. Nessa alteração será feito a implementação de um chip verificado pelo DETRAN no certificado de segurança que deve ser exigido no reabastecimento do GNV.

O presidente que ACOI agregou o encontro pontuando a importância da fiscalização de qualidade do gás natural para garantir a segurança de todos ao redor. Por outra perspectiva o Secretário Buligon afirma que a política de implementação e incentivo ao gás natural nos veículos está sendo incentivada pela alteração da lei Nº18.324. “A alteração na lei traz mais segurança para todos os catarinenses, tanto para os usuários do GNV como para os postos de combustíveis que abastecem esses veículos. Santa Catarina é o primeiro estado do Brasil que usa essa nova tecnologia incentivando esse que será o combustível da transição energética”.

Ademais, o presidente do CECOP explica aos participantes como funcionaria a implementação do chip para assegurar a qualidade do gás e a segurança dos usuários “Haverá um chip no interior do certificado e só vai ocorrer o abastecimento se o veículo estiver correto, ou seja, se tiver um Kit GNV homologado pelo  Instituto de Metrologia de Santa Catarina (IMETRO/SC)”.

Por meio de uma doação de um Kit GNV homologado, um carro da frota da SDE será convertido de combustão para GNV como forma do início de uma transição.

Foto: Pablo Mingoti

 

A alteração da lei pode ser conferida no link: http://leis.alesc.sc.gov.br/html/2022/18324_2022_lei.html