O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Lucas Esmeraldino, assinou na manhã desta terça-feira, 13, um convênio para repasse de R$ 183,5 mil ao Centro de Inovação Jaraguá do Sul. O espaço, que já abriga 10 empresas e tem a multinacional WEG como âncora, deve contar com mais de 20 companhias nos próximos três anos.

O recurso se soma a outros R$ 800 mil que já haviam sido repassados para a operacionalização do Centro de Inovação. "Hoje é um dia especial. O Centro aqui já é um sucesso, está dando muito certo. Esse recurso já está na conta da Prefeitura e poderá ser usado para a compra de mobília e o que mais for necessário", afirmou Esmeraldino.

Centro de Inovação 4
Foto: Maurício Vieira/Secom

De acordo com ele, o foco do Governo do Estado a partir de agora é investir não mais na construção de prédios, mas no fortalecimento do ecossistema de inovação, em parceria com a iniciativa privada. "A tecnologia veio para ficar e, daqui para frente, vai crescer em progressão geométrica. Precisamos fazer parte desse processo. Logo vamos ter uma grande rede de inovação em Santa Catarina, que será modelo para o Brasil", acrescentou o secretário.

Representando o governador Carlos Moisés, Esmeraldino conheceu o trabalho já realizado pelas empresas que têm atuação no Centro de Inovação. De acordo com o gerente de Pesquisa e Inovação da WEG Motores, Sebastião Nau, a companhia já utiliza a estrutura do Centro para desenvolver mecanismos de controle e monitoramento não invasivo para os motores elétricos. "Nós optamos por trazer uma equipe para cá porque entendemos ser importante que nossos profissionais estejam inseridos num ambiente de inovação, ao lado das startups", explica Nau.

Centro de Inovação Jaraguá.jpg2

Conforme o presidente do Centro de Inovação e da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul, Anselmo Luiz Jorge Ramos, a filosofia do espaço é baseada na abertura e na conexão de ideias. "Uma característica muito importante deste Centro é que ele exige adaptações constantes, e é bom que seja assim. É um espaço muito dinâmico. Tivemos um a grata presença dos governos do Estado e municipal. É muito importante ter essa política pública", destaca.

"A maioria das pessoas que trabalham aqui é jovem, com expectativa de ter um retorno muito grande num horizonte de quatro há cinco anos. Temos casos que estão dando muito certo, já com muitas vendas", relata o diretor do Centro de Inovação, Robert Burnett.

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196