Com o objetivo de promover o desenvolvimento de Santa Catarina com sustentabilidade, a equipe da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo (SDS) iniciou 2019 com a participação nos Grupos de Trabalho de Educação Ambiental (GTEAs), que ocorrem nas regiões das Bacias Hidrográficas e que tem a missão de  promover e disseminar boas práticas e cuidados ao meio ambiente.

O secretário da SDS, Lucas Esmeraldino, destaca a importância destas ações, que alinhada às premissas do governo, tem o propósito de atrair e acelerar investimentos para Santa Catarina, baseadas em cinco pilares que tem a sustentabilidade e a inovação como eixos.

“Incentivar a sustentabilidade vai ao encontro do nosso propósito estrutural de promover o crescimento, gerar emprego e renda aos catarinenses sem descuidar do nosso meio ambiente. É de fundamental importância discutir ações e disseminar a conscientização de que o cuidado ambiental é compromisso de todos", destaca Lucas Esmeraldino.

Por meio da Gerência de Educação Ambiental da SDS, são coordenados a Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (CIEA) e os grupos de trabalho de Educação Ambiental, distribuídos nas bacias hidrográficas de Santa Catarina, reunindo representantes de diversas instituições representativas da sociedade catarinense, entre os quais, representantes da Polícia Ambiental, Epagri e Comitês de Bacias que, juntos, discutem e sugerem ações de educação ambiental no Estado.

Em Camboriú foi no IFC Instituto Federal Catarinense
                                     Em Camboriú encontro ocorreu no Instituto Federal Catarinense

Na semana passada, o gerente de Planejamento e Educação Ambiental da SDS, Humberto Reolon, e a assistente técnica, Mauren Gonçalves, participaram dos encontros no GTEA 08 e 07, em Governador Celso Ramos, Grande Florianópolis, que abrange as bacias do Rio Tijucas, Biguaçu, Cubatão e Rio da Madre e em Camboriú, região da Bacia do Rio Itajaí, respectivamente. Esta semana os encontros ocorrem em Joinville e Jaraguá do Sul.

"Os 10 GTEAs, instituídos em 2009 são instrumentos legítimos na consolidação do Programa Estadual de Educação Ambiental e na descentralização das ações que fortalecem a sustentabilidade no desenvolvimento de uma sociedade ambientalmente correta que poderá desfrutar de um ambiente mais seguro, mais humano e mais saudável”, destaca o gerente de planejamento educação ambiental da SDS, Humberto Reolon.

GTEA RH 06 das bacias hidrográficas do rio Itapocu rio Cubatão e Rio Cachoeira da região de Joinville e Jaraguá do sul

GTEA 06 das Bacias Hidrográficas do rio Itapocu, rio Cubatão e Rio Cachoeira, da região de Joinville e Jaraguá do Sul


Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo
Jornalista: Mônica Foltran
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (48) 3665 2261/ (48) 99696 1366